• Como ganhar visibilidade na internet
  • Como anunciar seu produto em marketplaces
  • As melhores estratégias para anunciar online

Dados recentes do Portal do Empreendedor do governo federal mostram que o número de brasileiros que decidiu empreender durante a pandemia disparou.1 No total, 3,36 milhões de novas empresas foram abertas em 2020, somando um total recorde de 19,9 milhões de negócios em funcionamento no País.

O empreendedorismo digital foi o que mais cresceu com o surgimento de novas oportunidades durante a pandemia. Mas o sucesso não se constrói da noite para o dia, é necessário ter determinação e perseverança. Anunciar sua empresa/produto na internet é um passo fundamental para o sucesso.

A internet oferece um mundo de oportunidades para você anunciar seu produto, mas qual a melhor maneira de passar sua mensagem e o mais importante: como vender o seu produto online?

Invista em um site de qualidade com SEO

O site da sua empresa é a vitrine do seu negócio, é onde as pessoas vão encontrar seu produto, saber mais sobre ele, interagir e comprar. Um site bonito, bem-feito e navegável é o primeiro passo para entrar no competitivo mundo online.

Mas de nada ou pouco adianta ter um site profissional, se ele não for encontrado nas buscas. Por essa razão, é necessário investir em tráfego ou SEO – Search Engine Optimization, ou otimização de sites.2

Esteja presente nas redes sociais

É praticamente impossível nos dias de hoje pensar em empreender sem estar presente nas redes sociais.

Por meio de páginas no Instagram, Facebook e LinkedIn, você se aproxima do público-alvo, divulga seu produto e interage com os consumidores. Mas mais importante que a presença nas redes sociais é criar conteúdo para elas.

Esse conteúdo pode ser uma notícia divulgada que tem a ver com seu produto, algo interessante sobre ele, quais vantagens de se obter aquele produto, além de postar vídeos e blogs sobre o assunto.

Você também pode postar conteúdo em seu site, que vão encorajar os consumidores a adquirir seu produto ou serviço.

Crie uma conta no Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio ou Google My Business é um passo fundamental para consolidação do seu site/marca na internet. A plataforma gratuita otimiza as buscas pelo seu site e mostra informações sobre telefone de contato, endereço, site, fotos e informações em geral sobre o negócio.3

Você pode usar o Google Meu Negócio para pedir aos seus clientes para escrever um review sobre o produto ou serviço que você vende. Quanto mais avaliações positivas melhor. Tente se colocar no lugar do usuário quando está buscando algo. Se ele encontrar sua página com reviews 5 estrelas, as chances de esse cliente fazer contato aumentam bastante.

Faça anúncios online pagos

Sabemos que muitas vezes o empreendedor tem muitas contas a pagar e não quer investir em publicidade, quer que os clientes interajam com seu site e redes sociais sem que ele precise pagar nada. Aqui vai a má notícia:  às vezes é preciso gastar dinheiro para ganhar dinheiro.

Os anúncios pagos no Google, Facebook, Youtube ou Instagram têm bons resultados que costumam ser imediatos. Ao fazer esse anúncio, você pode direcionar o público, colocar a cidade/região que quer atingir, a faixa-etária, escolaridade, entre outros dados.

Se você optar por fazer anúncios no Google, sua página vai aparecer nas buscas dos usuários por produtos e serviços similares ao que você oferece.

Aposte no poder dos influencers

Pode ser que você torça o nariz quando alguém recomendar que você contrate um influenciador digital para divulgar sua marca/produto. Mas essa pessoa atinge milhares e porque não milhões de usuários todos os dias.

Pode não ser um investimento barato, mas pode ser feito em forma de permuta, dependendo do produto ou serviço que você ofereça. E o influencer não precisa ser o mais popular da internet. O importante é que ele tenha a ver com a sua marca e com a mensagem que você quer passar.

Anuncie seu produto em marketplaces

O marketplace é aquele lugar da internet onde os consumidores adoram navegar e vão encontrar o que procuram.

Existem desde opções para aqueles que queiram começar com algo menor para ‘testar a temperatura da água’ a grandes varejistas que oferecem espaço para que pequenos e médios empreendedores divulguem seus produtos.

Cada um com sua regra, vale a pena conferir o que existe disponível no mercado para você fazer seu anúncio online.

Americanas

O portal de compras da Americanas ficou em primeiro lugar no ranking Ecommerce Brasil. O site de compras é considerado um dos maiores marketplaces do Brasil e é um dos preferidos por lojistas e empreendedores de e-commerce.4

No marketplace das Americanas, podem vender seus produtos microempresários, lojas físicas e virtuais, distribuidoras e indústrias. Para isso, o interessado deve pagar 16% da comissão das vendas para a Americanas.5

Entre as vantagens, estão a credibilidade do portal, número de visitas, segurança e serviços de marketing.

Mercado Livre

O Mercado Livre é um site muito conhecido dos brasileiros e um dos campeões de audiência e tráfego online. O portal foi fundado em 1999 e é considerado o maior marketplace da América Latina.

São 300 milhões de usuários registrados, 19 milhões de vendedores, 200 milhões de ofertas em tempo real e 10 compras efetuadas por segundo.

Para se tornar um vendedor do Mercado Livre, basta se cadastrar, definir o que vai anunciar, postar foto e detalhes da mercadoria. A comissão cobrada pelo site varia entre 11% e 19%. Em produtos com valor abaixo de R$ 79, é cobrado um valor fixo de R$ 5 por unidade.6

Facebook

A maior vantagem de anunciar seu produto no marketplace do Facebook é que é uma ferramenta gratuita. Seguindo o modelo já utilizado por outros canais de vendas, a sessão traz anúncios, com descrição, fotos, preço, contato e informações relevantes sobre o produto para atrair o consumidor.

A desvantagem dessa plataforma em relação às outras, é que não há segurança quanto às formas de pagamento. Toda a transação é feita entre as partes, que definem a melhor forma de pagamento.

Amazon

A Amazon chegou ao Brasil em 2012 vendendo apenas livros eletrônicos. Em 2014, uma das maiores empresas de e-commerce do mundo expandiu seus negócios no mercado brasileiro e hoje oferece uma imensa variedade de produtos.

Se você quiser vender seus produtos na Amazon, existe uma taxa fixa de R$ 19 cobrada por mês para pessoa jurídica e de R$ 2 para pessoa física, além da comissão.7

O site oferece estratégia de vendas e todas as informações necessárias para vender no portal.

Shopee

O site de comércio eletrônico Shopee tem um limite máximo de R$ 100 cobrado sobre a venda de cada item no portal. Quem optar por vender seus produtos no site, paga comissão de 12% ao site, uma das menores do mercado.8

A Shopee é uma das plataformas de vendas que mais cresce hoje no Brasil e, outra vantagem, é que o site tem feito investimentos altos em publicidade e tecnologia. O site tem grande alcance nas grandes mídias e redes sociais.

OLX

A OLX se define como a maior comunidade de compra e venda do Brasil. O portal tem opções para fazer anúncios grátis, mas existem alguns limites mensais. A empresa também cobra um percentual sobre as vendas efetuadas no site.

Assim como o Mercado Livre, a OLX permite a venda de produtos novos e usados e trabalha com inúmeras categorias e segmentos. Em 2020, a empresa movimentou nada menos que R$ 290 milhões.9

1
gov.br, Empresas & Negócios 2
Conceito.de, Conceito de SEO 3
Google, Visão geral 4
E-commerce Brasil, Global Ranking 5
americanas, venda com a gente 🙂 6
Central de vendedores, Como anunciar meu produto no Mercado Livre 7
Amazon 8
Shopee 9
OLX